Brasil na Monarquia teste29.06.2015

O Centro de Estudos Brasileiros acolherá na próxima segunda-feira, 29 de junho de 2015, às 11h15, a apresentação da base de dados BRASILHIS, dirigida pelo Prof. Dr. José Manuel Santos Pérez, do Departamento de História Medieval, Moderna e Contemporânea da Universidade de Salamanca e do livro Brasil na Monarquia Hispânica. Novas interpretações, publicado recentemente pela Editora Humanitas de São Paulo, e que é o produto principal do projeto “Brasil na Monarquia Hispânica. Cultura Política, Negócios e Missões durante a União das Coroas Ibéricas e a Guerra de Restauração, 1580-1668”, financiado através do Convênio USAL-USP.

A Base de dados BRASILHIS deriva e é um dos objetivos principais do projeto Redes políticas, comerciantes e militares no Brasil durante a Monarquia Hispânica e suas postrimeiras, 1580-1680, (HAR2012-35978) financiado pelo MINECO e que conta com o professor José Manuel Santos da Universidade de Salamanca como pesquisador principal e Kalina Vanderlei Silva da Universidade de Pernambuco (Brasil) como pesquisadora associada. Além disso, na construção da base de dados participaram também os pesquisadores Carlos Bittencourt, da UPE, e Irene Martín, Sylvia Brito, Rubén Álvarez Iglesias, Alírio Cardoso e German Sterling da USAL.

A base de dados conta com três seções principais: personagens, referências documentais e referências bibliográficas, conectados entre si. A equipo de pesquisadores introduz no sistema pessoas que têm relação com a América portuguesa no período da União das Coroas, 1580-1640, com a finalidade de recopilar o  maior número de dados possível sobre elas e de estabelecer suas conexões de rede, sejam estas políticas, sociais, econômicas ou militares. Além disso, a base apresenta informação sobre a circulação dessas pessoas entre as duas mergens do Atlântico, proporcionando assim uma valiosa informação sobre a comunicação existente entre o mundo colonial e o metropolitano a finais do século XVI e princípios do XVII. Pretendemos dar aos pesquisadores presentes e futuros uma ferramenta diferente para empreender o estudo sobre este período da história colonial do Brasil que contou com importantes estudos até a data mas continua tendo muitas lacunas, algumas das quais esperamos superar através do nosso trabalho. Qualquer sugestão ou contribuição será bem-vinda e poderá ser realizada através do contato disponível na página web.

Pesquisador Principal: José Manuel Santos (USAL)
Pesquisadora asociada: Kalina Vanderlei Silva (UPE).
Pesquisadores: Carlos Bittencourt (UPE), Irene Vicente Martín, Sylvia Brito, Rubén Álvarez Iglesias, Alírio Cardoso e German Sterling. (USAL).

Entidade financiadora: Projeto Redes políticas, comerciantes e militares no Brasil durante a Monarquia Hispânica e suas postrimeirias, 1580-1680, (HAR2012-35978). Universidade de Salamanca, USAL.

O livro Brasil na Monarquia Hispânica. Novas interpretações é o resultado de encontros de pesquisa realizados em São Paulo e em Salamanca, com diversos artigos de autores brasileiros e espanhóis que apresentam novas pesquisas sobre o período no qual o Brasil pertenceu à Monarquia Hispânica (entre 1580 e 1640). São apresentadas novas interpretações e novos enfoques entender o período. O domínio da Coroa Espanhola a partir de 1580 do território do Brasil abriu um novo tempo marcado pelas mudanças muito significativas em principalmente em termos políticos e de administração. Regida pela Casa de Habsburgo, a Monarquia Hispânica extendeu seus tentáculos sobre os domínios portugueses já estabelecidos por todo o mundo produzindo assim uma nova configuração de dimensão global que nunca deixa de desafiar e surpreender aqueles que a estudam.

No ato estarão presente o Sr. Pró-reitor de Pesquisa da Universidade de Salamanca, Prof. Dr. Juan Manuel Corchado, o diretor do Centro de Estudos Brasileiros, Prof. Dr. Ignacio Berdugo Gómez de la Torre e o autor, Prof. Dr. José Manuel Santos Pérez.

Tagged with:
 

Plaza de San Benito, 1 37002 Salamanca T +34 923 294 825 F +34 923 294 587