Congresso Internacional de Ciências Sociais e Humanas. “La hispanidad y las presencias andalusíes y orientales en la obra de Gilberto Freyre”.

Para comemorar o 120º Aniversário de nascimento do sociólogo pernambucano, Gilberto Freyre (15 de março de 1900 – 18 de julho de 1987), o Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca organiza o Congresso Internacional de Ciências Sociais e Humanas “La hispanidad y las presencias andalusíes y orientales en la obra de Gilberto Freyre”.

O evento, que se realizará nos dias 25 e 26 de fevereiro de 2020 na Hospederia Fonseca (USAL), busca reunir especialistas, pesquisadores e demais interessados na obra e figura do autor de Casa Grande & Senzala, obra célebre da Sociologia brasileira do século XX.

Ibéria chegou ao Brasil em diferentes momentos e formas. Este congresso pretende exortar a pesquisa das hipóteses ibéricas de Casa Grande & Senzala e a posterior formulação da hispano-tropicologia. O iberismo metodológico de Freyre, somado ao um maior conhecimento da colonização espanhola, fez com que o autor ampliasse a área cultural luso-tropical à hispano-tropical, que inclui a primeira sem dissolvê-la. A sua hispanidade panibérica, inspirada parcialmente no ensaio La Alianza Peninsular do seu amigo Antonio Sardinha, se refletiu na caracterização do Brasil como um país “duplamente hispânico” (ibérico), dando ênfase ao decisivo período “filipino” para a formação do Brasil. Para Freyre, o Brasil estava convocado a exercer um papel geopolítico mediador e dinamizador da civilização hispano-tropical, em sentido de ibero-tropical, agrupando a todos os países de língua espanhola e portuguesa numa federação de cultura. 

As raízes ibéricas do Brasil são também medievais. Existe uma corrente de intercâmbios e paralelismos entre a tropicalidade e a mediterraneidade. Em Casa Grande & Senzala o mestro de Apipucos chama a atenção para as influências andalusíes no substrato cultural ibérico, incluindo a seu catolicismo. Igualmente, menciona a experiência medieval do Outro entre cristãos, judeus e muçulmanos, e a presenças sefardita e mouriscas no Brasil. Al-Andalus chegou a América tanto através de diferentes expressões culturais, presentes em cultivos, tecnologia de água, arquiteturas e gastronomia, como através de várias expressões sociológicas, presentes no patriarcalismo, na poligamia, a mixofilia, a hiperssexualização da morenidade, o ecumenismo, a interpenetração das culturas, o misticismo franciscano e as visões do Paraíso, entre outros. Sefarad também chegou a América, com especial relevância em Recife, cidade natal de Gilberto Freyre.

Na Espanha do século XIX, foram realizados diferentes estudos arabistas e de tipos de colonização, entre os quais o livro Idearium Español, Ángel Ganivet teve um protagonismo relevante. Este autor exerceu, desde a época de estudante na Universidade de Columbia, uma grande influência na vida e obra de Gilberto Freyre. A sua admiração era tanta que se reconhecia explicitamente como “ganivetista” e dizia que o escritor granadino “ajudava-lhe a ver o Brasil mais do que qualquer outro”.

Linhas temáticas:

Linha 1: A presença andalusí (mourisco na terminologia de Freyre), sefardi e “Orientes” diversos na obra de Freyre. Leituras de Insurgências e Ressurgências Atuais, China tropical, Sobrados e Mucambos e Casa-Grande & Senzala;

Linha 2: Hispanotropicologia, misticismo e franciscanismo. Leituras de A propósito de Frades;

Linha 3: Patriarcalismo, hiperssexualização da morenidade (lenda da moura-encantada) e outras causas da mestiçagem. Leituras de Casa-Grande & Senzala;

Linha 4: Vinculação cultural entre o Brasil e a Espanha. “Brasil duplamente hispânico”. Leituras de O Brasileiro entre os outros hispanos e Brasil, nação hispânica;

Linha 5: A bicontinentalidade da Península Ibérica em Casa-Grande & Senzala e em Idearium Español de Ángel Ganivet;

Linha 6: Iberismos na obra de Gilberto Freyre. A sua relação com a Espanha e autores espanhóis (Ortega y Gasset, Unamuno, Ganivet, Julián Marías, Francisco Ayala, etc.);

Linha 7: Estudos comparados de colonialismos e seus etnocentrismos, incluindo o caso renascentista luso-brasileiro descrito em Casa-Grande & Senzala;

Linha 8: O papel geopolítico do Brasil e a federação da cultura hispanotropical (panibérica) na obra de Freyre.

Envio de propostas de comunicação

As pessoas interessadas em participar no congresso podem enviar as propostas de comunicação (em espanhol, português ou inglês), a partir de 23 de setembro até 31 de dezembro de 2019, adequando-se a alguma das seguintes linhas temáticas:

A proposta de comunicação deverá ser enviada a partir de 23 de setembro através do formulário de inscrição.

Nome do autor/es

Apellidos

Sobrenomes

Universidade e/ou Departamento

Título da proposta de comunicação

Linha temática

Linha 1Linha 2Linha 3Linha 4Linha 5Linha 6Linha 7Linha 8

CV curto

Resumo da proposta de comunicação

Dados de contato
Centro de Estudios Brasileños
Plaza de San Benito, nº 1
Salamanca – 37002
España
Tel.: + 34 923 294 825
Email: gilbertofreyre@usal.es

Observação: O aceite das propostas será comunicado individualmente por e-mail o mais brevemente possível.

Publicações

O congresso publicará um livro de resumos (online) para download gratuito e um livro de atas (online com ISBN). Os participantes que não queiram publicar o texto nas atas do congresso não precisam enviar a comunicação completa.

Matrícula

Prazo: de 23 de setembro de 2019 a 26 de janeiro de 2020.
A inscrição e matrícula no congresso se realizará exclusivamente online.

Valor da matrícula

80,00 euros Comunicantes
60,00 euros estudantes com ou sem comunicação; assistentes

Os estudantes devem anexar no formulário de inscrição o certificado ou matrícula da sua instituição acadêmica comprovando a condição de estudante, junto com o comprovante de pagamento da matrícula no. As taxas de inscrição, que dão direito aos certificados e/ou diplomas, são individuais, por isso, se uma comunicação for apresentada por um grupo de pesquisa, cada membro do grupo deverá pagar as taxas de matrícula correspondentes. Igualmente, se um comunicante apresenta mais de uma proposta, deverá pagar uma matrícula para cada comunicação que apresente.

Matrícula

 

Plaza de San Benito, 1 37002 Salamanca T +34 923 294 825 F +34 923 294 587