Cartaz A3 recortado20.02.2019

O Centro de Estudos Brasileiros acolhe na próxima quarta-feira, 20 de fevereiro, às 12h00, a mesa redonda “Gilberto Freyre e a Universidade de Salamanca. 50 anos da sua visita”, na qual participarão o diretor do CEB, Dr. Ignacio Berdugo; o diretor do Máster Universitário em Antropologia de Ibero-América, Dr. Ángel Espina; Sr. Pablo González, especialista nas relações de G. Freyre com a Espanha, e doutorando em Ciências Sociais da Universidade de Salamanca, Dr. Antonio Bonatto Barcellos, antropólogo e membro fundador da Associação de Brasileiros de Salamanca (ABS), e Dr.ª Racquel Valerio Martins, presidenta da ABS.

Gilberto Freyre é, provavelmente, o sociólogo e antropólogo mais importante do Brasil. Obras como “Casa Grande e Senzala”, “Sobrados e Mucambos”, “Nordeste”, “Açucar”, etc., são os melhores retratos da cultura tradicional, patriarcal, escravista e açucareira, especialmente do nordeste brasileiro. Formado na escola boasiana da Universidade de Columbia, elevou a ciência antropológica no Brasil a suas mais altas esferas a meiados do século passado. Cunhou o termo  iberotropicalismo e pretendeu desenvolver uma disciplina tropicalista que não deixa de ter grande interesse na atualidade para a pesquisa etnológica. Com esta mesa redonda, a Universidade de Salamanca presta uma homenagem ao grande intelectual brasileiro, quando se cumprem 50 anos da sua primeira visita a esta instituição, em 1969. Nesta ocasião, Gilberto Freyre ministrou algumas conferências na Faculdade de Direito e no Colégio Maior Hernán Cortés, e recebeu da Prefeitura de Salamanca a condecoração “Hóspede de honra”.

A entrada é livre até completar a lotação.

Tagged with:
 

Plaza de San Benito, 1 37002 Salamanca T +34 923 294 825 F +34 923 294 587