Cury de tacca11.09.2018

O Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca inaugurou nesta terça-feira, 11 de setembro, a exposição “El infierno nunca se harta”, do fotógrafo brasileiro Fernando Curry de Tacca, selecionada no programa Residencia Artística de Fotografía 2018.

A mostra reune as fichas policiais de 20 alunos da Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de São Paulo detidos numa batida policial em setembro de 1977. A detenção foi motivada pela celebração de uma reunião convocada na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) para discutir o rumo do movimento estudantil contra a ditadura militar e refundar a União Nacional dos Estudantes (UNE).

A exposição está aberta ao público no CEB, Palácio de Maldonado, de 11 de setembro a 7 de outubro, de segunda a sexta-feira, de 9h00 às 14h00, com entrada gratuita e para todos os públicos.

Leia a notícia completa e fotografias da inauguração da exposição em Radio USAL,  Radio Televisión de Castilla y León, Salamanca24horas e Salamancartvaldia.

Baixe aqui o podcast da emissão especial do programa Brasil es mucho más que samba, com uma entrevista em exclusiva com Fernando de Tacca.

Tagged with:
 

Plaza de San Benito, 1 37002 Salamanca T +34 923 294 825 F +34 923 294 587