g_Cartel Vivien09.04.2018
O Centro de Estudos Brasileiros oferece entre os dias 9 e 12 de abril o seminário: “De la apertura de los archivos de la dictadura militar brasileña (1964-1985) al acceso universal a los documentos de la represión política: la experiencia del Archivo Nacional y de la Comisión Nacional de la Verdad (2012-2014)”, ministrado pela Dr.ª Viven Ishaq, Pesquisadora e Especialista de Nível Superior da Coordenação Regional do Arquivo Nacional no Distrito Federal e Gerente-Executiva do Relatório da Comissão Nacional da Verdade do Brasil.
O seminário estará dividido em quatro módulos, de acordo com a seguinte programação:
Segunda-feira, 9 de abril: História do processo brasileiro de transição à democracia, a partir de 1985. A consolidação dos direitos à verdade, à memória e à justiça no campo da justiça transicional no Brasil e a relação dos arquivos da repressão política com a defesa dos direitos humanos.
Terça-feira, 10 de abril: Reunião, organização e accesso com restrições aos arquivos da repressão política no Arquivo Nacional (2006-2012).
Quarta-feira, 11 de abril: A Lei de Acesso à Informação (Ley 12.527/2011). Acesso universal e difusão dos acrvos da repressão da ditadura brasileira: principais linhas de pesquisa no Arquivo Nacional.
Quinta-feira, 12 de abril: A constituição do acervo da Comissão Nacional da Verdade (CNV) e o uso das fontes nas pesquisas sobre graves violações de direitos humanos perpetradas pelo Estado ditatorial (2012-2014).
O seminário está orientado a alunos de graduação e pós-graduação (máster e doutorado) e a docentes e pesquisadores, e demais interessados no tema. As sessões serão ministradas em português, no Palacio de Maldonado (Plaza de San Benito, 1), de 10h00 às 13h00. A matrícula é gratuita e as pessoas interessadas devem realizar a inscrição neste formulário online para ter o certificado de participação. Todas as pessoas inscritas no seminário poderão participar da seleção de três (3) bolsas para estágio de pesquisa que a Universidade de São Paulo oferece, de acordo com a convocatória disponível aqui.
Vivien Ishaq é Doutora em História pela Universidade Federal Fluminense (2004). Desde agosto de 2016, é Pesquisadora e Especialista de Nível Superior da Coordenação Regional do Arquivo Nacional no Distrito Federal. Entre abril de 2015 e julho de 2016, desempenhou o cargo de Coordenadora Regional do Arquiivo Nacional em Brasília. Em 2012, assumiu como assessora da Comissão Nacional da Verdade e, em novembro de 2013, o cargo de Gerente-Executiva do Relatório da CNV. Entre 2006 e 2012, foi Assessora Técnica e Coordenadora Substituta da Coordenação Regional do Arquivo Nacional no Distrito Federal, supervisando atividades do Núcleo de Acervos do Regime Militar.
Tagged with:
 

Plaza de San Benito, 1 37002 Salamanca T +34 923 294 825 F +34 923 294 587