Cartel Raimunda Monteiro27.02.2019

O Centro de Estudos Brasileiros da Universidade de Salamanca oferece nos próximos 27 e 28 de fevereiro, o seminário “La configuración sociocultural y las luchas territoriales de la Amazonia contemporánea”, ministrado pela Profª. Drª. Raimunda Monteiro, ex-reitora da Universidad Federal do Oeste do Pará (UFOPA, Brasil).

A Amazônia brasileira engloba ecossistemas diversos, com predomínio de florestas tropicais húmedas e marismas. Os seus  cinco milhões de km2 têm características naturais que fazem dela o lugar com a maior diversidade biológica do planeta, além de ser uma das maiores reservas minerais e o maior manancial de água doce do mundo. A economia capitalista impôs à região uma economia extrativista secular, que começou com a colonização europeia e que perdura até os nossos dias. O século XX estabeleceu as configurações socioculturais que determinaram os contornos territoriais atuais. Apesar de que a região foi objeto de um macro ordenamento territorial na primeira década deste século, com a demarcação de terras e florestas públicas e a criação de novas Unidades de Conservação e Terras Indígenas, a Amazônia continua sendo o cenário de conflitos. O presente curso tem como objetivo discutir as dinâmicas dos atores econômicos e sociais nos conflitos territoriais e as possíveis ameaças do futuro. Faça aqui donwload da programação do curso.
O seminário está orientado aos alunos de pós-graduação (máster e doutorado) e a docentes e pesquisadores da USAL, assim como a todas as pessoas interessadas no tema. As sessões serão ministradas em espanhol no Palácio de Maldonado (Plaza de San Benito, 1), de 10h00 às 13h00 horas. A matrícula é gratuita e as pessoas interessadas devem realizar a inscrição até o próximo 26 de fevereiro no seguinte formulário online para obter o correspondente certificado de participação. Todos os alunos de pós-graduação da USAL inscritos no seminário poderão concorrer a uma das três (3) bolsas de estágio de pesquisa que a Universidade de São Paulo oferece.

Licenciada em Comunicação Social (jornalismo) pela Universidade Federal do Pará (UFPA, Brasil) em 1990, e doutora em Desenvolvimento Sustentável a partir dos Trópicos Húmedos pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos – NAEA/UFPA (2003), Raimunda Monteiro foi diretora do Fundo Nacional do Meio Ambiente – FNMA/MMA de 2002 a 2004, e do Instituto de Desenvolvimento Florestal do Pará – IDEFLOR (2007-2009). Reitora da Universidade Federal del Oeste do Pará (2013-2018), o seu trabalho está centrado na gestão territorial, o desenvolvimento sustentável, o desenvolvimento regional e rural e a gestão das selvas tropicais, a terra e os conflitos sociais no campo. Atualmente, trabalha no projeto “50 anos da colonização, insurgências, afirmação e emergências territoriais na Amazânia”, que desenvolve como pesquisadora visitante em estágio pós-doutoral no Centro de Estudos Sociais da Universidade de Coimbra (Portugal).

Tagged with:
 

Plaza de San Benito, 1 37002 Salamanca T +34 923 294 825 F +34 923 294 587